ESTUDO PG 03 – VIDA CRISTÃ

      “CHAMADOS PARA SERMOS SANTOS”

Introdução

Hoje em dia nos deparamos com muitas pessoas que não se importam em ser coerentes perante suas posições em relação ao que fazem. Políticos que se envolvem com corrupção, policiais que são criminosos anonimamente… cristãos que não buscam a santidade. Sim, infelizmente nos deparamos com esses fatos que são verdades. Você vive em conformidade com Aquele em que crê?

 

O que é santidade

Temos que lembrar que a santidade é a essência do caráter de Deus, como a bíblia diversas vezes relata para nós, então ser santo faz parte da natureza divina (Lv 11.44; Js24.19; Sl 99.3.5,9; Is 40.25; Hc 1.12; Jo17.11; Ap 4.8). Por ser santo, Ele não se relaciona com nada impuro, ou seja, com nada relacionado ao pecado (Rm 3.23).

 A santidade, além da ideia de “separado” quem seu significado traz, pode ser definida como a conformação com o caráter de Cristo e, portanto, uma vida totalmente disposta a Deus. Cada vez que me aproprio e me conformo com a mente de Cristo, externalizo essa conformação sendo santo.

Santidade não é a soma dos nossos bons atos santos (as coisas boas que fazemos), é a justificação colocada em prática. Isto é, depois de ter sido declarado justo por Deus pelo que Cristo fez por nós, nos apropriamos desta obra e então Deus coloca em nossa conta todos os méritos da cruz.

Por que buscar a santidade- 1Pe 1.15

 Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.1Pe 1.14-16

Qualquer coisa boa que você pode fazer não é por mérito próprio, mas por causa do que Deus te tornou em Cristo. Pensando nisso, por que buscar a Santidade?

A santidade (não é impecabilidade) é a identificação com o caráter divino. O relacionamento com Deus exige a santidade pois, como já vimos, Ele se opõe ao pecado. Então a santidade é prerrogativa para esse relacionamento. O modo de viver que tínhamos antes de Cristo se opõe ao novo modo de viver que temos em Cristo. Devemos ser coerentes perante o Deus Santo.

 

Deus nos proporciona esse processo de amadurecimento e aperfeiçoamento ao caráter de Cristo- ser parecido com ele (Rm 8.28,29) – para ser possível este relacionamento com o Pai.

Afastar-se do pecado se torna uma consequência do que encontro em Cristo, minha gratidão por sua obra na cruz me leva querer e viver em santidade para honra de Seu nome.

Tudo que precisamos para amadurecermos e sermos santos já nos foi dado em Cristo. Levar a vida de maneira banal e imersa no pecado não está ligado a “não conseguir”, mas em um ato deliberado de “não querer”. Nossa nova identidade em Cristo nos permite agir e viver com santidade em toda nossa maneira de viver (v.15), precisamos nos apossar dessa realidade (2Co 7:1).

Motivação para da santidade

Não devemos nos colocar na motivação de sermos santos com o intuito de alcançar alguma espécie de mérito com Deus ou visando as suas benções. Tratar a santidade dessa maneira é mediocridade, pois mais nada que deveria nos motivar que não fosse o próprio Deus e seu relacionamento com Ele. Certamente que nossa fidelidade e obediência nos proporciona tais bençãos, mas não merecem atenção indevida perante o Abençoador!

 

A santidade deve ser o agente que expresse nossa rendição a Deus e desejo de viver para ele, pois se sabemos que sem santidade não desfrutamos desse relacionamento plenamente, afastaremos tudo que interfira na santidade (Rm 8) de maneira não penosa, mas prazerosamente.

Deus é Santo e nos quer santos, que vivamos em conformidade com Ele e sua santidade!

Conclusão

Reflita de que maneira você tem vivido diante de Deus e apresente-se em santidade com sua vida. Mesmo que eventualmente “erremos o alvo” (significado de pecado), sabemos que encontraremos perdão e purificação dos de nossos pecados por meio de Jesus – Ler (1 Jo 5-9).

Caso em sua avaliação você perceba que está vivendo e nem tem buscado por santidade, confesse ao Senhor e se arrependa por sua incoerência. Saiba que em santidade que nos relacionamos com o Santo!

Facebook
YouTube
Instagram