Estudo Célula 06 – 2012

“Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus” – Mateus 5:8

Introdução:

Será que ao olharmos para o nosso coração, podemos dizer que ele é puro?  Será que pureza de coração é o mesmo que ser sincero?

Uma pessoa pode estar sinceramente certa, da mesma forma que pode estar sinceramente errada. Então, pureza de coração não é a mesma coisa que sinceridade.

O que é ser puro de coração, então?

A palavra “puro” no Novo Testamento tinha vários sentidos:

  1. A palavra descrevia o processo de lavar roupas sujas.
  2. A palavra também descrevia o processo de debulha do tiro, onde palha era retirada.
  3. A palavra também designava um exército livre de soldados covardes, descontentes e incapazes.
  4.  A palavra também indicava o leite que não era diluído em água.
  5. A palavra também era empregada ao metal que não possuía nenhum tipo de escória ou impureza.

Com isso em mente fica mais fácil avaliarmos o nosso coração. Será que o nosso coração realmente puro? Será que somos inocentes de toda a maldade em nossas intenções, motivações e propósitos. Difícil, não é mesmo?

Diante desta constatação temos boas e más notícias…

I.      As Más Notícias:

Vejamos o que a Bíblia fala:

“O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?” (Jeremias 17:9)

“Não há nenhum justo, nem um sequer; não há ninguém que entenda, ninguém que busque a Deus. Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem sequer um.” (Romanos 3:11-12)

As más notícias são que todos nós somos impuros, logo, ninguém verá a Deus!

II.    As Boas Notícias:

O Senhor Jesus nos traz Boas Notícias, afinal ele diz que aqueles que são puros de coração verão a Deus! Será uma contradição? De forma alguma porque:

1-       Nós não podemos purificar a nós mesmos.

2-       Mas, Cristo pode purificar as nossas vidas e o nosso coração.

“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus.” (Romanos 3:23-24)

“Como são felizes aqueles que têm suas transgressões perdoadas, cujos pecados são apagados! Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa!” (Romanos 4:7-8)

“… mas vocês foram lavados, foram santificados, foram justificados no nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito de nosso Deus.” (1 Coríntios 6:11b)

“Nela [ Nova Jerusalém] jamais entrará algo impuro, nem ninguém que pratique o que é vergonhoso ou enganoso, mas unicamente aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro.” (Apocalipse 21:27)

As boas notícias são que Jesus fez o que nenhum de nós poderia ter feito. Ele tomou o nosso lugar morrendo numa cruz para nos perdoar, purificar e nos religar a Deus.

Conclusão:

Você quer ver a Deus? Então seu coração precisa ser purificado por Jesus Cristo. Para isso…

1-       Reconheça que é um pecador

2-       Reconheça que Jesus Cristo veio buscar e salvar os pecadores. Que seu precioso sangue derramado na cruz em nosso favor. O justo morreu pelos injustos para que pudéssemos ser declarados justificados diante de Deus.

3-       Arrependa-se de seus pecados, procurando agradar a Deus em tudo daqui para frente. Diga como Davi: “Cria em mim um coração puro e renova em mim um espírito inabalável.” (Sl 51:10)

Convite para receber a Cristo como Senhor e Salvador. Oração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *