NÃO SE ENVERGONHE…

 VERGONHA“Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego.” Romanos 1:16.

Ser evangélico é crer e seguir o Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Nesta última semana, aconteceram dois fatos que trouxeram vergonha para o Evangelho e para os evangélicos de nosso país: 1- Uma menina de onze anos foi agredida com uma pedra na cabeça por um grupo de “evangélicos” e, 2- um pastor trocou insultos com um jornalista nas redes sociais.

Algumas reflexões necessitam ser feitas com esses fatos:

Em primeiro lugar, nossa luta não é contra as pessoas (Efésios 6:11-12) . As pessoas sem Cristo não são nossas inimigas, pelo contrário, devem ser alvos de nosso amor e compaixão. Até mesmo aqueles que nos perseguem são dignas de nosso amor e orações (Mateus 5:44).

Em segundo lugar, nossas palavras e ações devem nos identificar como discípulos de Jesus (Mateus 7:15-23). O Senhor Jesus Cristo nos ensinou que não devemos fazer uso da violência física ou mesmo verbal (Lucas 6:27-36).

Em terceiro e último lugar, não podemos ter vergonha do Evangelho e de sermos evangélicos. Certa vez um professor do Seminário disse para a nossa classe: “não deixemos que a doença defina o que é saúde”. Ou seja, não podemos permitir que as distorções que acontecem entre os evangélicos definam o que é ser evangélico. Podemos e devemos ter vergonha dos falsos irmãos e dos falsos profetas. Ao invés de dizermos que não somos “evangélicos”, deveríamos deixar claro que essas pessoas que não vivem em conformidade com o Evangelho é que não são de fato verdadeiros evangélicos.

Uma boa semana,

Alexandre

Pastor

IECI

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *